Gerei Leads, e agora?

    Categorias(s):

  • Automação de Marketing
    ,
  • Marketing Digital
    ,
  • Negócios e Marketing Digital

Gerar Leads está intimamente ligado em chegar a um resultado! Por isso existe um trabalho árduo para obtê-los…

Anúncios, conteúdos relevantes, Landing Pages, Newsletter, estratégias de marketing de conteúdo e etc.

Porém, não adianta traçar todas essas estratégias, gerar centenas de leads e parar por aí. Você precisa saber o que fazer com as informações colhidas e gerenciá-las corretamente!

Acredite, o segredo do sucesso está justamente nas ações adotadas após a geração de lead!

Já que o ponto crucial é converter leads em clientes. Então vamos aprender o que fazer? 

Automação de Marketing

A automação de marketing não tem relação com deixar tudo robotizado, mas sim com utilizar de softwares para agilizar as etapas, ajudando o marketing e o comercial a chegarem mais longe. 

É através da automação de Marketing que você consegue gerenciar seus leads, ter integração com o CRM da empresa, segmentar os grupos em leads quentes e frios, pontuá-los, mapeá-los e nutri-los. Ou seja, é uma facilitadora de todo o trabalho.

A partir dela você poderá ser ágil e falar com os potenciais clientes de forma personalizada. No fim, isso irá ser um grande diferencial. Afinal, os usuários gostam de rapidez e contato mais pessoal por parte da empresa.

Nutrição de leads 

A Nutrição de Leads consiste no envio de e-mails ou sms a partir do interesse demonstrado pelo usuário. É manter-se na memória das pessoas que tiveram algum contato com a empresa! 

Entende como isso é importante? Vivemos em uma época que as pessoas têm contato com muitas informações e empresas. Logo, permanecer na memória dos leads é essencial para fechar a compra. 

Mas não pense que é só enviar conteúdos genéricos e em grande quantidade para sua base de contato. De fato você estará na memória deles, mas de maneira negativa. Sua empresa será conhecida como “Insistente e inconveniente” 

Para fazer o processo de nutrição corretamente, use da automação. Através dela você irá saber em qual lugar o lead deixou os dados e em quais páginas ele ficou mais tempo, ou seja, o que fez ele se interessar por você!

marketing de gerar leads

A partir disso, você envia conteúdos relevantes de acordo com o perfil dele. 

Suponhamos que seu lead se cadastrou na sua Landing Page sobre Implante e você começa a mandar muitos e-mails sobre Mordida Aberta, Aparelhos Invisíveis e Odontologia Infantil. Esse lead irá bloquear seus e-mails e perder o interesse na empresa. 

Outro fator é a quantidade de E-mails. Mesmo que você acerte nos temas, ninguém gosta de receber notificações o tempo todo. 

Quando o assunto é segmentação de leads, guarde estes dois conceitos: segmentação de público e quantidade correta de mensagens!

Qualificação de Leads

Bom, qualificação significa determinar se o lead está apto a comprar ou não. Aqui existe uma série de fatores que precisam ser analisados. 

Para início de conversa, você precisa definir muito bem qual a sua persona, o raio de alcance da empresa, e a interação do lead com você. A partir daí você começa um sistema de pontuação (lead scoring). 

Analise o quanto o lead se aproxima da sua persona, se ele está dentro do raio de atuação da empresa e, principalmente, o nível de interesse dela com o seu produto/serviço. 

Por fim, os leads bem pontuados têm mais chances de se converter rapidamente em clientes, enquanto os outros podem não ter interesse algum ou simplesmente ainda não estar maduros para isso. 

E o que fazer?

O comercial deve entrar em contato com os leads que possuem mais pontos e você deve continuar nutrindo os leads frios (aqueles que não estão maduros).

Hora da abordagem 

Sua equipe comercial precisa seguir as boas práticas do atendimento, como chamar a pessoa pelo nome correto, estabelecer um diálogo e não um monólogo, ouvir mais, ser educado, se colocar no lugar do cliente e demonstrar segurança no que fala. 

Tudo isso significa que se você nutrir seus leads corretamente, fazer uso da automação e realizar uma boa abordagem, todos irão se tornar clientes? Não! Tenha uma coisa em mente: nem todos os seus leads irão se tornar clientes!

O  processo de captura e conversão de leads é regido pelo funil de vendas, então, para ilustrarmos, perceba:

funil de vendas

 Viu que tudo foi afunilando?

O trabalho de abordagem fica mais fácil após o lead ter passado por todas as etapas aumentando as chances do lead se tornar um cliente e, com isso, o comercial não terá desgastes desnecessários. Ou seja, te ajuda a gastar tempo apenas com os leads certos e na hora certa! 

Quando sua empresa estabelecer bem esse processo que explicamos, sobrará tempo para gerar ainda mais leads.

No fim das contas sua quantidade de conversões aumentará e o custo de aquisição por cliente (CAC) irá diminuir.

Quer saber mais sobre Marketing Digital? Clique aqui e confira